ANTES DE LER É BOM SABER...

Este blog - criado em 2008 - não é jornalístico, embora contenha alguns conteúdos que navegam levemente nessas águas. Os textos são de autoria de Luís Carlos Freire, o qual descende do mesmo tronco genealógico da escritora Nísia Floresta. Esse parentesco ocorre pela parte das raízes da mãe do autor deste blog, Maria José Gomes Peixoto Freire, neta de Maria Clara de Magalhães Fontoura, trineta de Maria Jucunda de Magalhães Fontoura, descendente do Capitão-Mor Bento Freire do Revoredo e Mônica da Rocha Bezerra, dos quais descende a mãe de Nísia Floresta, Antonia Clara Freire. Essas informações são encontradas no livro "Os Troncos de Goianinha", de autoria de Ormuz Barbalho Simonetti, um dos maiores genealogistas brasileiros. O referido livro pode ser pesquisado no Museu Nísia Floresta, no centro da cidade. Luís Carlos Freire é especialista na obra de Nísia Floresta, membro da Comissão Norte-Riograndense de Folclore, sócio da Sociedade Científica de Estudos da Arte e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Possui trabalhos científicos sobre a intelectual Nísia Floresta Brasileira Augusta, publicados nos anais da SBPC, Semana de Humanidade, Congressos etc. É autor de 'História do Município de Nísia Floresta', 'Cultura Popular em Nísia Floresta', 'A linguagem Popular em Nísia Floresta', dentre inúmeros trabalhos na área de história, lendas, costumes, tradições etc. Uma pequena parte das referidas obras ainda não estão concluídas, mas o autor entendeu ser útil disponibilizá-la neste blog, enquanto as conclui. Algumas são inéditas. O acesso permite aos interessados terem ao menos uma boa noção daquilo que buscam, até porque existem situações em que certos assuntos não são encontrados nem na internet nem em outro lugar. Algumas pesquisas são fruto de longos estudos, alguns até extensos e aprofundados, pesquisados em arquivos de Natal, Recife, Salvador e na Biblioteca Nacional no RJ. O autor estuda a história e a cultura popular da Região Metropolitana do Natal. Esse detalhe permitirá ao leitor encontrar informações históricas sobre a intelectual Nísia Floresta Brasileira Augusta, sobre o município homônimo, situado na Região Metropolitana de Natal/RN, além de crônicas, artigos, fotos poemas, etc. O autor ministra palestras e pode ser convidado através do e-mail: luiscarlosfreire.freire@yahoo.com.br. Fone: 99827.8517 - É PERMITIDO COPIAR TEXTOS DESTE BLOG, DESDE QUE A AUTORIA SEJA MENCIONADA. OBS. Só publico comentários que contenham nome completo, e-mail e telefone, pois repudio anonimato.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

SOLEDADE EM TURNÊ PELO RIO DE JANEIRO

A cantora nisiaflorestense Maria da Soledade está com a agenda cheia nessa nova turnê pelo Rio de Janeiro, onde mora. A artista, que apresentou-se no Programa do Faustão, na Rede Globo de Televisão e foi matéria em duas versões do Globo Repórter vê sua carreira dando uma guinada.
Atualmente, integra o Grupo Caxangá, o qual está marcando época na Cidade Maravilhosa, apresentando-se em grandes shows. Recentemente o trio apresentou-se no Gres Unidos do Santa Marta e num show aberto no centro de Copacabana, onde mora.
Maria da Soledade é o tipo de pessoa que pode ser reconhecida como modelo de abnegação. Membro de uma família imensa, saiu de Nísia Floresta adolescente e foi trabalhar como doméstica na residência de uma família nisiaflorestense que se transferiu para aquele grande centro.
Desde que colocou os pés em solo carioca Soledade passou a dedicar-se à música. Entrou no coral de uma igreja católica, estudou música e canto, inclusive ópera com os mais renomados professores do Rio de Janeiro. Jamais abandonou os estudos e todas as novidades na área musical, e procura estar sempre atualizada.

Soledade já fez dois shows em Nísia Floresta durante os seus festejos juninos e roubou a cena. Mas nos últimos oito anos nunca mais foi convidada. “Eu amo a minha terrinha. Sei que o meu povo torce por mim e deseja ver o meu trabalho, mas o que percebo é que algumas autoridades não valorizam a prata da casa. Mas isso não me abala, pois enquanto isso ocorre há muitos que me valorizam e curtem o meu trabalho”, disse a cantora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário